Image Map

Como endereçar convites


Continue lendo e saiba como nomear seus convites (com exemplos).
Atenção! Para nomear seus convites observe o estilo da festa (formal ou informal) e não se esqueça de verificar, com o convidado, o modo correto de se escrever seus nomes. É claro que não é preciso fazer isso com toda sua lista, basta aqueles com dúvida aparente.
Identificado o estilo da festa, prossigamos.

Abreviações de sobrenomes:
Não se abreviam nomes compostos: Fábio Augusto; José Antônio, etc.
Não se abrevia o último sobrenome: Paulo Silva Floureiro
Pode ser abreviado o sobrenome(s) do meio: Fernanda B. dos Passos

Abreviações Sr. e Sra.
Ocasião formal: Prefira a abreviação senhor ou senhora + nome e sobrenome.
Ocasião informal: Você pode tirar as abreviações Sr. e Sra., mas mantenha os sobrenomes. Você até pode usar apenas o primeiro nome e colocar apelidos.

Ordenação
O nome masculino, por conta da nossa sociedade machista, vem primeiro.

Padrão
Não é elegante colocar Sr. Sra. para alguns convites e outros não. Mantenha um padrão para todos os convites. Isso é o mínimo.
Dadas as dicas, vamos às situações:

Escolha uma forma de padronizar seus convites.
  • Ocasião formal: Sr. Marcelo P. de Azevedo e Sra. Regina C. de Azevedo
  • Ocasião formal: Sr. e Sra. Marcelo e Regina de Azevedo
  • Ocasião formal: Sr. Marcelo C. de Azevedo e Sra. 
  • Ocasião informal: Marcelo C. de Azevedo e Esposa
  • Ocasião mais informal: Marcelo e Regina ou Marcelo e Esposa 
Situação 1- Para convidar apenas o casal
  • Ocasião formal: Sr. Marcelo P. de Azevedo e Sra. Regina C. de Azevedo
  • Ocasião informal: Marcelo C. de Azevedo e Esposa

Situação 2- Para convidar todos os membros de uma casa (casal + filhos, genros, noras ou quem eventualmente morar na mesma casa)
  • Ocasião formal: Sr. Marcelo de Azevedo e Família
  • Ocasião informal: Marcelo de Azevedo e Família
Situação3- Para convidar apenas uma pessoa
  • Ocasião formal: Sr. Pedro Alcântara
  • Ocasião formal: Sra. Lívia Alves
  • Ocasião formal: Ao jovem Carlos Roma (solteiro e jovem)
  • Ocasião formal: À jovem Thais Catalão (solteira e jovem)
  • Ocasião formal/ informal: Paula Almeida (solteira)
  • Ocasião formal informal: João Pedro Lima (solteiro)
Situação 4 - A etiqueta pede que em situações de convidar pessoas que moram juntas, mas não são formalmente casadas, não usar a conjunção "e". Particularmente, tenho minhas críticas.
  • Ocasião formal: Sr. João Cabreira Sra. Liliane Gentil (coloque um nome sobre o outro)
  • Ocasião informal: João cabreira Liliane Gentil (coloque um nome sobre o outro)
Situação 5- Para convidar casais que sejam casados mas não tenham o mesmo sobrenome
  • Ocasião formal: Sr. Antônio Passos e Sra. Ana Maria Fadel
  • Ocasião informal: Antônio Passos e Ana Maria Fadel
Situação 6-  Para convidar um casal de namorados ou noivos, você pode enviar convites separadamente (o mais indicado) ou mencionar os dois nomes no mesmo envelope sem a conjunção "e".
  • Ocasião formal/informal/: Juliano Silvério Bruna Zagonel (coloque um nome sobre o outro)
Situação 7- Para convidar uma amiga divorciada que mora com os filhos
  • Ocasião formal: Sra. Cíntia Bittencourt e Família
  • Ocasião informal: Cíntia Bittencourt e Família
Situação 8- Para convidar um casal de homossexuais que morem juntos:
  • Ocasião formal: Sr. Fabrício Limeira e Sr. César Machado
  • Ocasião informal: Fabrício Limeira e César Machado
Situação 9- Para convidar um casal de homossexuais que morem em casas diferentes, envie um convite para cada um.
  • Ocasião formal/ informal: Fabrício Limeira 
  • Ocasião formal: Ao jovem Fabrício Limeira
Um super abraço e sucesso com seu endereçamento de convites!
Beijos da calígrafa que lhe estima, Ana Paula Alves Barros

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Ravel Design